quarta-feira, 13 de maio de 2009

Anjos e Demónios



Robert Langdon, personagem central d' O Código da Vinci, depara-se com uma nova situação enigmática, lançando-se num percurso de descodificação de símbolos e mistérios.
Em causa parece estar o ressurgimento dos Illuminati, coincidindo com o aparecimento de uma figura proeminente do universo científico, sem vida, com o símbolo desta sociedade secreta gravado no peito.

A defesa da nossa civilização repousa, então, nas mãos de Langdon e de Vittoria, que mergulham nas catacumbas de Roma em busca da salvação colectiva.


A versão cinematográfica desta obra de Dan Brown chega agora às nossas salas de cinema.


4 comentários:

Diana disse...

Eu sou um bocado contra as modas, de maneiras que não li o Código Da Vinci nem Anjos e Demónios, porque na altura toda a gente no comboio ia a lê-los.
Contudo, vi o filme e, como sou fã de histórias que envolvam conspirações religiosas, fiquei curiosa e agora que já passou a febre, sou capaz de pegar num desses livros. O meu pai adorou o Anjos e Demónios, por isso estou curiosa!

Livros e Outras Coisas disse...

Comigo passa-se o mesmo, Diana, e lá acabei por ler o livro (que é mais intenso do que o filme) depois de toda a gente. Gostei bastante. A seguir, li mais uns quantos romances que falavam sobre os segredos que envolvem o tesouro dos templários. Todos diferentes mas igualmente envolventes (passe a rima).
Ainda se falou na possibilidade de Harrison Ford ser Langdon, mas Tom Hanks está muito bem no papel. Vamos ver o que nos traz esta adaptação. :)

tonsdeazul disse...

Como livro, gostei mais dos "Anjos e Demónios". O filme não me entusiasmou muito. Até porque não é fiel à história do livro.

Livros e Outras Coisas disse...

Mm... :( Isso acontece tanto, Tonsdeazul...