quarta-feira, 10 de outubro de 2007

Bullying


O fenómeno de bullying, cujo conceito parece estar em voga, encerra muitas angústias, medos, recusas, fugas e determina comportamentos inesperados, sem que nem sempre a sua urgência ou pânico sejam perceptíveis. Por vezes, o silêncio e a reclusão ocultam o pavor da ameaça e da punição por parte de pares agressivos.
Jenny Alexander fala-nos deste flagelo que atinge a população escolar de modo preocupante. Neste livro, expõe algumas estratégias que pais e alunos poderão adoptar a fim de aprenderem a lidar com sucesso, mediante um reforço atitudinal e psicológico, com as manifestações de bullying de que os mais jovens possam vir a enfrentar.

2 comentários:

bruna disse...

as crianças e os adolecentes que sofre de bullying te medo de contar porque em medo de que poça piorar a situaçao e tem vergonhar (de contar para os ais e professores)

Livros e Outras Coisas disse...

Concordo, Bruna. Mas seria importante e imprescindível, se a pessoa que é alvo de bullying contasse a alguém da sua confiança. Não faria mal falar com os pais, os professores, os irmãos ou outros familiares. Por vezes, a pessoa isola-se e até pensa que isso só lhe acontece assim. O testemunho dos outros pode ajudar, a sua vontade, ajuda, de certeza.