quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

John Updike (1932-2009)

John Updike (1932-2009), vencedor do Pulitzer Prize, do National Book Award, do American Book Award, do National Book Critics Circle Award, agraciado com a National Medal of Art (1984) e a National Medal for the Humanites (2003), entre outras distinções, deixou-nos ontem.

Autor da saga Rabbit, assinou ainda numerosos contos, poemas, ensaios e romances, dos quais se pode destacar As Bruxas de Eastwick, cuja adaptação George Miller dirigiu no cinema.

Sobre John Updike, pode ler-se no sítio do The New York Times:

Nothing was too great or too small for Updike to poeticize. He might rhapsodize over the film projector's ''chuckling whir'' or look to the stars and observe that ''the universe is perfectly transparent: we exist as flaws in ancient glass.''

2 comentários:

Hugo disse...

John Updike é o Balzac da classe média americana:

http://www.revistabula.com/

http://www.revistabula.com/materia/john-updike-e-o-balzac-da-classe-media-americana-/950

Livros e Outras Coisas disse...

Muito obrigada pela referência, Hugo!
O artigo é bastante completo e eu destacaria a conclusão curiosa:
Era “apenas” um escritor.

Ser escritor É tanta coisa, não É "apenas" algo.

Obrigada pelo contributo elucidativo! :)