terça-feira, 21 de julho de 2009

Depois da estrada


Jack Kerouac (Jean Louis Kerouac), escritor norte-americano, teve, em conjunto com William S. Burroughs e Allen Ginsberg, o seu nome ligado a um grupo famoso denominado como "Beat Generation".

O autor, conhecido pela sua vida ligada à estrada e ao consumo de drogas, encontrou, em 1954, na biblioteca de San Jose, um exemplar de uma Bíblia Budista de Dwight Goddard, que conquistou a sua atenção e a sua escrita.

Recentemente publicado, Acorda! - A Vida do Buda, marca esse encontro com a espiritualidade e com o budismo, tratando-se de uma obra sobre a vida e a obra de Siddharta Gautama, o Buda.

2 comentários:

Diana disse...

Jack Kerouac e William S. Burroughs são dois dos autores que quero muito ler.
Como estudei história e cultura americana, acho que seria interessante ler sobre a dita "beat generation" pelas mãos de quem deu nome a essa geração.

Livros e Outras Coisas disse...

Eu li excertos de Junky de William S. Burroughs e Howl de Allen Ginsberg, que posso recomendar Diana.
É uma experiência diferente e de registo auto-biográfico.