quarta-feira, 28 de outubro de 2009

A viagem começa em Paris

O elevador Otis que sobe o pilar sul da Torre Eiffel estava a transbordar de turistas. Dentro do atravancado ascensor, um austero homem de negócios de fato engomado olha para baixo, para o rapaz a seu lado.

- Estás pálido, filho. Devias ter ficado no chão.

- Eu estou bem… - respondeu o rapaz, lutando para controlar a ansiedade. - Saio no próximo piso. Não consigo respirar.

O homem inclinou-se mais. - Achei que nesta altura já terias conseguido ultrapassar isso. - Disse, afagando afectuosamente a face da criança.

O rapaz sentiu-se envergonhado por desapontar o pai, mas mal conseguia ouvir devido ao zumbido que sentia nos ouvidos. Não consigo respirar. Tenho de sair desta caixa!

O ascensorista estava a dizer qualquer coisa tranquilizadora sobre os pistões articulados do elevador e a sua construção de ferro pudelado. Muito abaixo deles, as ruas de Paris expandiam-se em todas as direcções. Estamos quase lá, disse o rapaz para si próprio, esticando o pescoço para olhar para a plataforma de saída. Aguenta.

Enquanto o elevador subia fortemente inclinado em direcção à varanda panorâmica superior, o poço começou a estreitar e as suas barras maciças a contraírem-se de modo a formarem um apertado túnel vertical.

- Pai, acho que não -

De repente, um estalido nítido ecoou por cima das cabeças deles. A cabina moveu-se abruptamente e ficou inclinada de forma estranha para um dos lados. Cabos partidos começaram a baloiçar em redor da cabina como cobras. O rapaz agarrou-se ao pai.

- Pai!

Os olhares deles encontraram-se durante um segundo aterrorizador.

Depois o chão caiu.

Robert Langdon endireitou-se de um salto no seu banco de pele macia, despertando do seu sonho semiconsciente. Estava sozinho na enorme cabina do Falcon 2000EX privado que abria caminho através da turbulência. Lá atrás, os dois motores Pratt & Whitney roncavam regularmente.

Excerto do I capítulo do livro O Símbolo Perdido, de Dan Brown, disponibilizado pela Bertrand a partir de 29 de Outubro.

Retirado daqui.


Disponível na Edisa.

8 comentários:

Ana disse...

Olá!

Obrigada pela tua visita!

Eu não estou muito informada acerca dos cursos EFA, mas julgo que são cursos em horário pós-laboral e tem a duração de 1 ano.

Eu na fase em que estou, ou seja, dia 2 de Novembro faço a entrega da minha terceira autobiografia...está a correr, tem sido uma experiência muito gratificante recordar momentos marcantes da minha vida.
A minha luta tem sido mais com a falta de tempo para me disponibilizar por completo ao projecto, pois trabalho e tenho familia para cuidar.

Boas Leituras!!!

Bjs!!!

Cristina Bernardes disse...

Também já comprei, estou à espera de acabar o que estou a ler agora... e estou ansiosa.

Beijos para Livros e Outras Coisas

Livros e Outras Coisas disse...

É uma experiência muito bonita, pois desocultar competências, implica olhar novamente para marcos de vida, a centralidade dada ao auto-conhecimento é algo de notável e enriquecedor.

É gratificante. :) Parabéns, Ana!

Livros e Outras Coisas disse...

Também me deixei cativar por mais esta obra do autor e conto lê-la, Cristina. :)
Beijos e muitas leituras de qualidade!

Farofa de Batata =] disse...

Tô bem curiosa pra ler esse livro, mas dele eu apenas li o Codigo da Vinci...tenho q comprar os demais...

Ah propósito prazer em conhecer, adoro blogs sobre livros, se puder dê um pulinho no meu, ah sim ñ é sobre livros hehehe

Boa Terçaaaa
Miquilis
Bru

PallasAthena disse...

Mais um livro que entra para a lista para este ano! :)

Passa pelo Livreo, o blog foi remodelado e todas as sugestões para o melhorar são bem vindas.
Boas leituras. Bjs.

Rita Mello disse...

Tenho selinhos para ti no Chocolate para a Alma (http://chocolateparaalma.blogs.sapo.pt) para alegrar estes dias chuvosos.
Rita*

tonsdeazul disse...

Sim também espero ler este livro em breve, para voltar às aventuras de Robert Langdon.
Boas leituras!